02 abr Quais são as consequências de não declarar IR?

Quais são as consequências de não declarar IR?

Quais são as consequências de não declarar IR?

Você sabe quais são as consequências de não realizar a declaração de imposto de renda ou atrasar sua entrega? A Reluz Contábil te conta!

Caso o contribuinte deixe de realizar a declaração ou a entregue com atraso, ele terá algumas dores de cabeça. Conheça agora quais serão elas.

Perder o prazo de entrega ou não realizar a declaração de imposto de renda pode gerar algumas dores de cabeça ao contribuinte. O Cadastro de Pessoa Física (CPF), recebe o imediato status de pendente de regularização, complicando a vida financeira, impedindo a realização de empréstimos, obter certidão negativada em caso de compra ou venda de imóveis, tirar passaporte e até mesmo, prestar concursos públicos.

Existe ainda, uma multa que deve ser paga pelo contribuinte que atrasar a entrega, que começa a ser contabilizada um dia após a data final estipulada pela Receita Federal. No caso do ano de 2018, que a data final é dia 30 de abril, a multa começará a ser contabilizada na terça-feira, 01 de maio.

Após o envio da declaração atrasada, a pessoa deve ser informado sobre o prazo para quitar a multa em aberto através da “notificação de lançamento de multa”, com os acréscimos legais e deverá ser realizado em até 30 dias, través do Documento de Arrecadações das Receitas Federais (Darf).

Para o ano de 2018, são esperadas 28,8 milhões de declarações de Impostos de Renda, um pouco mais do que foi registrado no ano passado.
Para que tudo saia da melhor maneira, busque empresas especializadas para te auxiliar no momento de realizar a declaração.

A Reluz Contábil está aqui para te ajudar! Entre em contato para realizar sua declaração com o auxilio da nossa empresa de contabilidade.

www.reluzcontabil.com.br

Pinterest
Facebook
Google+

Nenhum comentário

Deixar um comentário